domingo, 24 de agosto de 2014

Festival de Orquídeas em Teresópolis

CQB Quando vier visitar o Camping Clube Quinta da Barra, em Teresópolis, programe-se para uma pedalada ao Bairro Quebra Frascos, na raiz da serra para Itaipava. Lá, faça uma visita ao Orquidário AraBotanica, antigo Espaço Aranda. A pedalada é de 8,5 km ida e volta, sem muito desnível. Leve sua câmera para registrar exemplares ímpares no viveiro de orquídeas. A oferta de mudas também é grande. Faça suas escolhas e depois volte de carro para ir as compras.

Aproveite para conhecer um pouco do bairro e da história que levou ao nome de Quebra Frascos. Quebra Frascos sempre foi considerado um dos bairros mais nobres e elegantes de Teresópolis, visitado, segundo alguns historiadores, até pela Família Imperial. Sobre o nome do lugar, contam-se duas histórias. A primeira diz que o vale era conhecido pelo seu excelente clima, próprio para pessoas doentes – em geral, portadoras de tuberculose - que precisavam de ar puro e água de boa qualidade. Depois de alguns dias, os doentes melhoravam de tal forma que "quebravam os frascos" dos remédios. A outra história conta que os ingleses que subiam a serra a convite de George March não dispensavam suas garrafas de uísque durante o passeio, o que fazia com que os mais afoitos "quebrassem os frascos" da bebida quando tropeçavam e caiam durante as caminhadas.

O orquidário é localizado em meio a uma densa vegetação - que inclui pinheiros, araucárias e cedros – com 8 mil metros quadrados. Nele, há quatro estufas, das quais uma é utilizada para o cruzamento de espécies e outra funciona como laboratório de experiências de cruzamento. O ArabotanicaOrquidário tem 36 mil mudas e se destaca pelos tipos de híbridos e plantas importadas, que totalizam aproximadamente 500 espécies. Setenta por cento das plantas são importadas ou adquiridas de colecionadores brasileiros.Todas as espécies raras obtidas através de cruzamentos são cadastradas em Londres. O laboratório da AraBotanica está entre um dos melhores do Brasil e é considerado o maior orquidário comercial do país. Mensalmente, é ministrado um curso para os interessados em aprender a cultivar orquídeas.

A seguir um pouco do show de cores e perfumes do orquidário.

orquídea insetívora

Passeio das Flores

As plantas são ambientadas com um paisagismo criado por Roberto Agnes, somado ao mobiliário sustentável, de madeira de demolição, assinado pelo designer Felicio Jordane.

Aproveite para fazer a caminhada do Passeio das Flores. São 350 metros de um passeio ecológico, em meio a Mata Atlântica.

Para ver todas as fotos desta galeria, acesse o álbum deste passeio, clicando aqui.

A seguir um breve filme com mais um pouco desta visita.

Para obter as corrdenadas marcadas do orquidário, baixe aqui o arquivo .kmz do Google Earth

Aproveite as ruas calçadas e de terra do bairro Quebra Frascos, para expandir seu passeio de bike.

Até.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Mania de Viajar

A definição médica afirma que “mania” é uma “desordem mental caracterizada por preocupação excessiva com algum fato, objeto, etc.”

Vamos discutir um pouco da nossa mania?

dois e o mundo

Conhecida por aí como ECDEMOMANIA, MANIA ERRANTE ou DRAPEMANIA, que tem por definições, algo como:

Compulsão em viajar, passear, sair; manter-se longe de casa obsessivamente; desejo insano de afastar-se do lugar, da pátria;

A medicina procura entender alguns estilos de vida, que não estão dentro dos padrões “ditos normais” como: casa para o trabalho, trabalho para casa, com pequenas saídas para um cinema, ou visitas a shoppings aos fins de semana.

Os nômades, os ciganos, trocam insistentemente de lugar, com a particularidade de esgotar os recursos naturais para os primeiros e as oportunidades de ganho financeiro para os segundos. Já nós, viajantes compulsivos, trocamos de destino, assim que conhecemos tudo de bom e belo que se apresenta aos olhos. Conhecer os hábitos dos locais, saborear suas comidas típicas, enriquecer a alma e o espírito com a energia positiva característica de cada região do planeta. Feito isso, seguimos adiante, sempre avante.

img1 A visão da estrada indecifrável, a amplitude da janela de um avião, o movimento adiante do ônibus, do trem. Tudo que nos move é expectativa do novo, ansiosamente aguardado e nem sempre, planejado.

Você tem esta MANIA? Desde muito pequeno? Já se perguntou quantas vezes pensou em fugir de casa? É daqueles que vive a semana ansiosamente pensando na sexta-feira, nas férias, quando vai colocar o carro na estrada? Acredite. Isto não tem CURA. Deve ser tratado homeopaticamente, com doses constantes de liberdade.  

A tarefa de pesquisar sobre um destino na internet, ler livros de outros viajantes, conhecer experiências de blogueiros, guias, traçar rotas, viver planejando a próxima viagem, são os sintomas mais comuns deste distúrbio, se assim podemos definir.

Você está se identificando? Sofre por não admitir que está doente? Junte-se a nós e aceite o inevitável.janela da vida

Venha VIAJAR. Comece pelo CAMPISMO, pelo CARAVANISMO. Aqui você vai encontrar seus pares convivendo com o  novo. Para certificar-se que está diante de um exemplar verdadeiro, olhe fundo nos olhos e observe se há um brilho intenso, parecido com uma janela aberta para o horizonte.

Pode começar uma amizade segura. Você está do lado BOM da FORÇA.

.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Guia de Campings Mapeados do Brasil - MaCamp

Guia Campings MaCamp O Portal MaCamp para o campismo do Brasil inaugura mais uma etapa. Trata-se do maior MAPEAMENTO de CAMPINGS do BRASIL já realizado, com links para cada camping do Guia onde constam dados, informações e fotos.

Um trabalho árduo em constante implementação de acervo do GUIA DE CAMPINGS MaCamp, que conta com mais de 2.300 CAMPINGS cadastrados e que já possui mais de 1.000 estabelecimentos mapeados.

Nas palavras de Marcos Pivari, autor e webmaster do portal MaCamp;

A proposta é o levantamento de todas as áreas de camping do Brasil, desde os mais rústicos e simples até os mais completos e luxuosos estabelecimentos do país a fim de proporcionar a alimentação contributiva dos campistas. Estes poderão enviar mais dados, fotos e informações. Desta forma poderemos constantemente atualizar as informações e dados dos campings que proporcionam uma das mais espetaculares formas de turismo natural.
Juntamente com o mapeamento de campings do Brasil temos um acervo básico de campings dos países vizinhos, cuja implementação está programada para projetos futuros. Faça parte você também desta comunidade colaborando com seus dados e informações
.”

Para acessar o MAPA, clique no link a seguir ou sobre a foto acima.

http://portal.macamp.com.br/mapas/mapadecampings.htm

.

domingo, 10 de agosto de 2014

Mendes – RJ

image Nosso objetivo nesta pequena viagem era o de conhecer e saborear os produtos da Fazenda do Alemão, que fica no bairro de Jabuticabeira em Mendes, considerado o terceiro melhor clima do mundo (assim afirmam).

A natureza pura da região serrana de Mendes é a pátria do casal Anne (sul-africana)  e Manfred Bergmann (alemão). Especialidades no padrão alemão, fabricados com grande esmero à base de matérias primas selecionadas, seguem as receitas tradicionais alemãs.

É uma empresa familiar, fundada em 1987, especializada em produtos finos de salsicharia e presuntaria, com um amplo programa também em hortaliças e derivados - como chucrute de vinho, mostarda picante, raiz forte, pepinos em conserva, pão de centeio, etc...

O acesso não é difícil, mas não sugerimos trazer trailers, uma vez que os últimos 3 kms são de subida íngreme, em piso de pedra, numa estradinha bem estreita. Com a Camper nós não tivemos problemas.

Instalamos nosso passageiro Fredy (o gato), com comida e água e seguimos para o restaurante da Fazenda, para degustar as delícias que reservamos. (é necessária reserva antecipada).

A ambientação da casa que serve também como restaurante é impecável. Cada detalhe foi sendo adicionado com o tempo, formando uma identidade única. Transmite muita tranquilidade, requisito importante para saborear tanta delícia.

Anne Fomos recebidos pessoalmente pela Anne, que nos contou um pouco de como tudo aconteceu.

O marido Manfred é engenheiro de formação. Em 65 foi trabalhar na África do Sul, onde conheceu a Anne. Em pleno “apartheid”, as condições de vida eram muito difíceis para Anne, negra e favelada, mais ainda para o namoro dos dois. A despeito de tudo, dez anos depois Anne engravidou. Com muito esforço, o casal conseguiu mudar para a Alemanha, onde hoje, ainda mora a filha do casal.

O clima frio da Alemanha não agradou a sul-africana Anne. Então, o engenheiro Manfred foi convidado para trabalhar na usina nuclear de Angra,  em fase de construção no ano de 1983. Vieram todos para o Brasil.

Concluída a tarefa, Manfred ficou sem trabalho. Tentaram muitas opções, desde criar porcos, plantar feijão, … sem, entretanto, conseguir o sucesso desejado. Manfred resolveu retornar a Alemanha e aprender com seu pai, a fazer salsichas, já que no Brasil ainda não havia encontrado nada igual ao padrão Alemão. De início trabalhou somente com salsichas, mas logo a seguir abriu para vários outros embutidos, joelho de porco, costeleta de porco defumada, diversos tipos de molhos, pães, biscoitos, tortas, geléias, enfim, só delícias alemãs. Foi quando, em 1987 foi aberto o restaurante “Fazenda do Alemão”. E aqui estamos nós, nos fartando.

Escolhemos o prato mais adequado para um visitante de primeira vez. O famoso “um pouco de quase tudo”. Serve bem até 4 pessoas de apetide comedido. Nosso caso serviu muito a bem a dois com muito apetite. rsrsrsss. Valores de agosto de 2014.

Acompanhado de uma cerveja bem gelada, passamos momentos bem difíceis, vendo aos poucos estas delícias  desaparecendo.

Destaque para os molhos diversos para temperar e valorizar os sabores. O sabor quase que adocicado do Chucrute contrastava com a batata sauté, …

Escrever sobre estas delícias já está me dando água na boca. Resolução de voltar já foi tomada, ainda no restaurante.

Para ter uma idéia das muitas outras opções do cardápio, faça o download das páginas que fotografamos e ligue reservando uma mesa, já neste próximo fim de semana. O restaurante fica aberto aos sábados, domingos e feriados nacionais. Leve dinheiro ou cheque. O sinal de celular é muito fraco no local, dificultando o uso de máquinas de crédito ou débito.

A seguir, um pouco mais do ambiente do restaurante:

tacho

Este tacho da última foto acima, estava preparando estas delícias na Bauernfest de Petrópolis em julho/2014. Na verdade, foi lá que tivemos o primeiro contato com as salsichas da Fazenda do Alemão.

Não deixe de parar na lojinha do restaurante e leve para casa um pouco de tudo que for possível. Quem sabe quanto tempo você vai demorar para voltar? Aliás, a Anne nos ofereceu o espaço do estacionamento, por sinal muito arborizado, para passarmos a noite, ou mesmo tirar uma soneca antes de prosseguir viagem. Tentações para quando voltarmos.

Para ver as coordenadas geográficas da Fazenda do Alemão em Mendes, baixe o arquivo .kmz a seguir, para usar no Google Earth. Mendes - Fazenda do Alemão.

Mapas e dicas de como chegar, você pode pegar diretamente no site deles. Fazenda do Alemão, Como Chegar.

Para saber mais sobre a cidade de Mendes, clique aqui. Secretaria de Turismo de Mendes

Quando você for lá, nos diga o que achou.

.

BlogBlogs.Com.Br