segunda-feira, 21 de julho de 2003

Visconde Mauá 2003 - RJ/MG

Estivemos na região por 2 vezes em 2003. As duas em Maromba. Sempre que chegávamos de volta ao Rio tínhamos a certeza de que só voltaríamos a Mauá com um 4x4 legítimo. Aquela serra estraga muito um carro simples. Mas fazer o que. Não deu pra comprar ainda. Então, vamos voltando.
Em janeiro de 2003, ficamos hospedados no Chalé Jardim das Águas, o último do lado direito, antes de chegar na Cachoeira do Escorrega, em Maromba.
Chalé e Cachoeira do Chalé









Nosso principal passeio foi conhecer a Cachoeira do Alcantilado, e todas as demais que aparecem durante a subida da trilha. Alugamos uma moto em Maringá e seguimos com destino ao vale do Alcantilado. Se não me engano, a fazenda na base da trilha é a Fazenda Morro do Céu, que oferece boa recepção ao turista.
No caminho, cuidado para não cair de bobo com os atributos do Parque das Corredeiras. Principalmente o boia cross. Caro e não tira sequer um suspiro de tédio. Se você gostar de museu, pode conhecer o Museu Duas Rodas, de fato bem cuidado. Caro também.
Compre 2 garrafas d´água e comece a subida.  Vá com fé. Você vai passar por muitas quedas d´água e poções bonitos, sempre na expectativa de conhecer a maior, a do Alcantilado. E vá subindo. Algumas placas vão lhe dar força. “Falta Pouco”. “Quase Lá”. “Não Desista”. E vá subindo. Quando você estiver pensando em desistir, lembre que faltavam poucos metros.
Mas vale a pena, tanto pelo exercício, como pela beleza. Pegamos uma bela chuva na descida e no retorno de moto a Maromba. Acabou se transformando numa aventura das boas. Muita lama e água no caminho.
Cachoeira do Alcantilado
 
Ainda nesta vez, conhecemos as cachoeiras Véu da Noiva, Dama de Honra e Escorrega, onde fica nosso bar e restaurante.
Mirante do Alcantilado, Cachoeira do Escorrega
Mapa das Cachoeiras da Região
 
Para obter este mapa das Cachoeiras em alta faça o download aqui - mapa 
-----------------------

Em março de 2003, ficamos hospedados num chalé que visitamos em janeiro, no começo da subida pra Maromba, bem mais em conta e não menos confortável, com acesso particular ao Rio Preto e suas hidros.
Vista do Chalé e da janela do chalé
Cachoeira do Chalé

A seguir, as cachoeiras que conhecemos e entramos.
Santa Clara
Saudade (Mirante, Muralha, Oratório, Paredão, Saudade, Travessia e Tronco)
















Depois de tanta água, uma visita a Fazenda Murycana e happy hour no Bar do Escorrega.
 
.

0 comentários:

BlogBlogs.Com.Br